Maratona MãeLiteratura

Independência - 2020

Lá vamos nós de novo, pra mais uma série de leituras malucas nesse Feriadão de Independência. Agora é a Maratona MãeLiteratura.

Escolhi alguns livros que já estavam iniciados, inclusive um deles de outro projeto (Admirável Mundo Novo - do Projeto Classicando de Setembro).

Alguns deles já estão quase no final, o caso do O ano do pensamento mágico e o O louvor da sombra, que é um livrinho curto que eu tenho lido bem devagar, aproveitando o assunto da tradição japonesa dos contrastes de luz e sombra, que eu estou amando.

Outro que destaco, é o de correspondências entre dois autores orientais que também são feras, Kawabata e Mishima (entre 1945 a 1970), livro de folhas perfumadas, em que a gente pode saber o que esses intelectuais falavam entre si.

O deserto dos tártaros é outro grande livro que eu trouxe para esse desafio. Ele fala sobre a solidão do deserto, de sua poesia e de sua beleza. Um local inóspito, mas que revela mistérios extraordinários sobre os homens do Forte Batistini. Vamos conhecê-los...

Admirável mundo novo é um livro que tentei ler há alguns anos e não consegui concluir, achei meio chato da metade para o final e abandonei, como faz parte de um desafio, agora, acho que consigo!

O ano do pensamento mágico é bem depressivo, não porque seja sobre o falecimento do marido da autora, mas porque a escrita é massante e sem graça para mim, acho que ela não imprimiu na escrita um espírito, mas vai narrando tudo como se a história fosse meio vazia, apenas um punhado de acontecimentos desagradáveis...

Coraline é o meu xodozinho, nessa coleção de livros. A história da garota que enfrenta seus medos e consegue alcançar seus sonhos, que não são perfeitos, mas que são os que ela ama.

Espero que todos tenham um feriadão abençoado com muita paz e ótimas leituras.

Xero,

Drica Moreira.

© 2016 por Café, Livros e Sonhos. Orgulhosamente criado com Wix.com